Comer batatas fritas duas vezes por semana duplica risco de morte prematura

A notícia é avançada pelo Sapo, mas o estudo, observacional, é publicado no American Journal of Nutrition. Este mesmo estudo foi realizado durante 8 anos, com um grupo de 4400 pessoas, de idade compreendida entres os 45 e os 79 anos.

Os cientistas descobriram então uma associação entre um comportamento (comer as batatas fritas) e um acontecimento (a morte prematura); tendo em conta o registo de 236 mortes prematuras, sendo que deste número a percentagem de pessoas que consumiam batatas fritas pelo menos duas vezes por semana era duas vezes maior face às que não consumiam o alimento.

Atenção, Nicola Veronese, líder do estudo, adverte que não se pode dizer que a ingestão de batatas fritas seja a causa direta desta mortalidade precoce.

É do conhecimento da ciência que um dos perigos associados ao consumo de batatas fritas reside na acrilamida, um composto cancerígeno que se forma durante o aquecimento de alguns alimentos e que os faz ficarem tostados.

 

Por isso, já sabe! Consuma o menos possível batatas fritas. Todos sabemos que não é um alimento que seja saudável e que faça bem à sua saúde!

2017-07-03T09:32:39+00:00