Nevos atípicos e sinais perigosos

Como os nevos atípicos não são idênticos ao melanoma, não necessitam de tratamento agressivo. Estas lesões devem ser vigiadas, com eventual recurso a fotografia digital e se surgirem alterações, deve ser efectuada uma biópsia ou excisão conservadora.

O diagnóstico e seguimento destes “sinais perigosos” deve ser efectuado em consulta médica de pele.

 

Como os nevos atípicos não são idênticos ao melanoma, não necessitam de tratamento agressivo. Estas lesões devem ser vigiadas, com eventual recurso a fotografia digital e se surgirem alterações, deve ser efectuada uma biópsia ou excisão conservadora.
O diagnóstico e seguimento destes “sinais perigosos” deve ser efectuado em consulta médica de pele.

 

Nevos atípicos ou “Sinais perigosos”

Os nevos ou “sinais” são lesões com origem nos melanócitos, que são as células responsáveis pela cor da pele e protecção contra o sol. Alguns nevos podem estar presentes no nascimento, surgindo outros até aos 20 a 30 anos, desaparecendo posteriormente com a idade.

O que são os nevos atípicos ou “sinais perigosos”?

São nevos cujas características à observação os diferencia dos outros nevos e torna-os semelhantes ao melanoma, que é o cancro de pele mais mortal. Os nevos atípicos, no entanto, não são melanomas ou qualquer forma de cancro cutâneo.

Ocorrem em qualquer localização do corpo, mas como estão associados com a exposição solar, são mais frequentes no dorso e pernas.

A presença de nevos atípicos pode aumentar o risco de ter no futuro um melanoma, com este risco a aumentar ainda com o número de “sinais perigosos” presentes ou com história familiar positiva para melanomas ou para nevos atípicos.

Como reconhecer um nevo atípico ou “sinal perigoso”?

A semelhança do melanoma, existe uma mnemónica, conhecida por ABCD:

• Assimetria: Quando se divide o nevo em 2 partes, estas são diferentes em cor, espessura, forma ou tamanho.
• Bordos: Os bordos da lesão são irregulares ou mal definidos.
• Cor: A distribuição da cor não é uniforme ou existem várias cores.
• Diâmetro: Sobretudo quando é superior a 6 mm.

Como prevenir lesões mais graves, como o melanoma?

O risco é maior nos pacientes com vários nevos atípicos, história prévia de melanoma, história familiar de melanoma ou de nevos atípicos, pelo que estes devem ter seguimento regular para vigilância.

Para prevenir:
Evitar a exposição solar entre as 11:00 e às 16:00.
Utilizar protector solar de factor superior a 15, aplicar de 2 em 2 horas quando há exposição solar e reaplicar após ida ao banho.
Vestir roupa que proteja o corpo, chapéu de abas largas e óculos escuros em actividades ao ar livre.
Nunca frequentar solários.
Recordar que para além de ser causa de cancro de pele, a exposição solar excessiva e sem protecção é a causa do fotoenvelhecimento do rosto.

Contacte-nos, estamos ao seu dispor.

Escolha a Clínica Em Forma pretendida
Clínica Telheiras    Clínica + Alvalade

Nome

Email

Telefone de contacto

Questão/Comentário