Tratamento Médico a Laser de
Derrames e Varizes

 

As varizes e derrames são um problema comum, que afecta milhões de mulheres e homens em todo o mundo.

 

Ocorrem maioritariamente nos membros inferiores, mas outras lesões, como as aranhas vasculares e vasos indesejáveis, ocorrem também no rosto.

A sua origem é multifactorial, com uma forte componente genética e familiar, e situações que favorecem o seu aparecimento, como a gravidez e tromboses venosas prévias.

Os factores mais comuns que agravam estas lesões são o tabaco, uso de pílula anticoncepcional por períodos prolongados, ou profissoes que obriguem a muitas horas de trabalho em pé.

Quais são os tratamentos que existem?

Estas lesões podem ser tratadas por laser, escleroterapia (“injecções”) ou cirurgia, dependendo do seu tamanho e da presença de outras patologias.
A escolha do tratamento adequado e despiste de eventuais contraindicações deve ser efectuada em consulta médica pré-tratamento.

Como funciona o tratamento laser?

O aparelho de laser distribui uma quantidade precisa de energia sobre as lesões, que é sentida pelo paciente sob a forma de calor. Esta energia causa a coagulação dos vasos sanguíneos, que são depois reabsorvidos pelo organismo.
A maioria dos pacientes refere algum desconforto, mas este é ultrapassado pela aplicação prévia ao tratamento de um creme anestésico.

Quais são os resultados e os efeitos indesejáveis que podem ocorrer?

As lesões após o tratamento ficam mais vermelhas durante 2 a 3 dias, ocorrendo depois a reabsorção pelo organismo e desaparecimento das lesões, processo que decorre em 1 a 2 meses.
Os efeitos indesejáveis são raros e consistem essencialmente em ocasionais “nódoas negras” que desaparecem em 5 a 6 dias e manchas acastanhadas, que ocorrem quando há exposição ao sol logo após o tratamento. Em caso de exposição directa ao sol, no Verão, deve-se interromper previamente os tratamentos.
O número de tratamentos necessários depende da extensão das varizes e derrames presentes, e podem ser efectuados com intervalos de 4 a 8 semanas.

Quais os cuidados a ter após o tratamento e como prevenir o aparecimento de novas lesões?

Usar meias elásticas na primeira semana após o tratamento para acelerar a reabsorção das lesões e não frequentar piscinas ou fazer a depilação com cera.
Nas duas semanas após o tratamento não deve haver exposição directa ao sol das áreas tratadas ou frequência de solários. O desrespeito destes cuidados é a maior causa de efeitos indesejáveis após o tratamento.
Usar meias elásticas na gravidez ou quando se tem actividade profissional que obrigue a muitas horas de trabalho em pé.
Controlar o excesso de peso e sedentarismo. A melhor actividade desportiva para esta doença é a marcha.

Aproveite os descontos!

Contacte-nos, estamos ao seu dispor.

Escolha a Clínica Em Forma pretendida
Telheiras    Av. 5 de Outubro

Nome

Email

Telefone de contacto

Questão/Comentário

 

 

Resultados do Tratamento Laser